Golf With Your Friends

Por em em Reviews

O jogo multiplayer ideal é o jogo que já é bom mesmo se jogado sozinho, mas que com seus amigos fica ainda melhor. Jogos com jogabilidade refinada, bem balanceados, bonitos, feitos com esmero, e que, além de tudo isso, ainda deixam você compartilhar a experiência com outras pessoas. Golf With Your Friends não é um desses casos.

Golf With Your Friends é um jogo de mini-golf, ou seja, você joga golf por várias áreas, de simples florestas até mansões mal assombradas, passando pelo espaço e outras bizarrices. Caso você não saiba, o objetivo de uma partida de golf é acertar a sua bolinha no buraco no menor número de jogadas possível. Uma área tem um total de 18 buracos, e ao final de todos o jogador com o menor número de jogadas vence. Regras simples para um jogo que, na vida real e em outros videogames do esporte, levam a partidas extremamente técnicas e disputadas. O mini-golf deixa a técnica e a seriedade de lado e bota a diversão no centro da experiência, adicionando obstáculos dos mais variados tipos entre a bolinha e o seu objetivo. É isso que Golf With Your Friends tenta fazer, mas falha.
Vamos começar com a parte positiva. As diferentes (e bem variadas) fases disponíveis são bem legais. A minha favorita é uma mansão mal assombrada, e os 18 buracos contam com obstáculos como passagens secretas, fantasmas e outras coisas que ficam no seu caminho, que você deve desviar para conseguir alcançar o buraco. Cada área tem um tema, e estes temas são aplicados muito bem a cada buraco, tornando cada partida diferente da anterior.

O jogo também conta com uma variedade obscena de customização. Desde as coisas mais óbvias, como o tempo disponível para cada jogada, até as coisas mais bizarras, como a opção de diminuir a gravidade, trocar sua bolinha por um ovo ou por um cubo (!!!) ou até mesmo trocar a bolinha e buraco de golf por uma bola e cesta de masquete, Golf With Your Friends deixa a escolha completamente na mão dos jogadores, e esse é o ponto mais forte do jogo sem sombra de dúvidas. Existe até uma opção para que power-ups apareçam pela fase, como caixinhas de uma corrida de Mario Kart que, quando quebradas, dão para o jogador alguma arma secreta. É possível também ligar e desligar a colisão entre as bolinhas dos jogadores, e em uma partida com várias pessoas com colisão ligada a coisa pode ficar bem caótica rapidamente.

golf2

Com essas qualidades, Golf With Your Friends parece estar em um caminho muito bom, mas aí você começa a dar suas tacadas e vê que a realidade é dura e triste. JOGAR esse jogo é uma chatice porque os controles não são precisos o suficiente, a câmera muitas vezes joga contra você e te deixa em situações na qual é literalmente impossível olhar na direção que você quer mirar, e cada jogada acaba sendo uma frustração. Pra piorar, como o jogo não tem variações nas fases (como, por exemplo, um vento batendo em uma direção aleatória a cada partida), é possível decorar a direção e a força da primeira tacada e repetir isso em todas as partidas pra conseguir um hole-in-one, ou seja, um buraco em uma jogada só. Isso torna as partidas online super chatas porque sempre tem aquela pessoa na sala que faz cada jogada perfeitamente, e não tem nada que ninguém possa fazer.

É possível jogar offline passando o controle de mão em mão, mas isso também rapidamente se torna chato porque a ordem na qual os jogadores fazem suas jogadas é sempre a mesma, o que deixa o jogador 1 em plena desvantagem, seguido pelo jogador 2, etc. Quando o jogador 4 vai fazer sua primeira jogada, ele já pôde assistir os três anteriores e pode arrumar sua mira e sua força com base no que viu. Claro, os jogadores podem combinar de não olhar a jogada do outro, mas para um jogo que é feito para divertir e para que amigos possam ficar rindo um da cara do outro a cada jogada, isso não faz o menor sentido. Bastava simplesmente fazer com que a ordem de jogadas fosse definida pela pontuação – quem está ganhando joga primeiro – ou que a ordem fosse aleatória, qualquer coisa menos o que de fato acontece no jogo seria uma solução melhor. Jogando online esse problema não existe, mas isso não é desculpa.

No modo normal de jogo, cada jogador tem um total de 2 minutos para fazer suas jogadas, mas isso tem dois problemas estúpidos. Primeiramente, jogando offline, o jogo te fala para “passar o controle”, e o jogador atual deve confirmar que já está com o controle na mão para que o tempo comece a contar, mas durante essa tela é possível mirar livremente a bolinha. Ou seja, você pode mirar sem contar o tempo e todo o conceito vai por água abaixo. Novamente, isso é facilmente resolvido proibindo o jogador de olhar pra tela durante esse tempo, mas isso não faz muito sentido e o jogo devia ter cuidado disso. A pior parte, porém, é que o tempo continua contando enquanto a bolinha está rolando. Uma vez, um fantasma que fica rodeando uma mesa em uma das fases da mansão mal assombrada resolveu ficar levando minha bolinha pra lá e pra cá e só o que pude fazer foi assistir meus 2 minutos indo embora e eu perdendo aquele buraco por causa do tempo. Não faz o menor sentido o tempo contar enquanto a bolinha está viajando.

No fim das contas, tive boas risadas com Golf With Your Friends, mas a cada risada eram duas ou três reclamações ou frustrações. Os gráficos, dignos de Playstation 2, também não ajudam muito. Pra piorar, em uma jogada importante a física do jogo me traiu e a bolinha bateu reta em uma parede e fez uma curva completamente sem sentido, estragando completamente minha pontuação. Um jogo de golf precisa, no mínimo, ter sua física bem feita e sem um bug sequer, senão toda a experiência vai por água abaixo.

Jogar esse jogo com amigos no sofá, passando o controle de uma mão para a outra, pode ser bem engraçado, mas praticamente qualquer coisa fica engraçada quando você está com seus amigos. Uma vez eu e dois amigos rimos até não aguentar mais fazendo uma competição pra ver quem quebrava uma madeira dando cabeçadas. Estúpido? Sim, completamente estúpido, mas engraçado, afinal praticamente qualquer porcaria fica engraçada quando você está com seus amigos. E é isso que é Golf With Your Friends: o equivalente a bater a cabeça num pedaço de madeira até alguém se machucar. Pode ser engraçado e até divertido por um momento, por você estar fazendo isso com seus amigos, mas logo você percebe que só está fazendo uma coisa idiota mesmo, e seu tempo pode ser muito mais bem investido em outra coisa.

Bom

  • Design das áreas
  • Opções de customização

Mal

  • Jogabilidade
  • Câmera
5.0
Samuel Auras

Escrito por: Samuel Auras

RPGista, músico, professor. You'll never see it coming~

Nenhum comentário.

O que acha disso? Diga nos comentários.