Review: Console Wars – HBO GO

Honestamente, não sei se Review é a expressão correta da forma como eu vou expressar minha opinião sobre Console Wars.

Hoje em dia existe todo um movimento para afirmar que treta de console é errado, e obviamente temos casos esdrúxulos de gente que usa a oportunidade de passar da competição sadia pra ofender e ameaçar pessoas gratuitamente.

Porém, como o excelente documentário Console Wars mostra, nossa indústria nasceu, cresceu e teve uma divisão do que seria o monopólio da Nintendo graças a isso. A console war é uma estratégia de marketing agressivo que tem uma tremenda eficácia para recrutar e estabelecer uma fanbase que, mesmo com o surgimento de fanáticos nos tempos modernos, é em sua esmagadora maioria sadia.

Grande parte da mentalidade da Console War nada mais é do que tentar cobrir um mercado que seus oponentes não cobrem. A Nintendo no início da vida mantinha um regime agressivo onde apenas ela poderia reinar soberana, com uma fatia de 95% do mercado. Apenas com táticas tão ou mais agressivas a Sega conseguiu primeiro estabelecer uma base, e posteriormente superar a big N. Hoje nós temos três grandes monstros no mercado, uma nova geração nascendo para dois dos três maiores consoles, e qualquer um que pretenda competir com esse oligopólio vai precisar de armas maiores do que apenas capital.

O documentário também serve como um tremendo lembrete do quanto os games mudaram e moldaram a sociedade americana, e nós apenas sofremos um “aftershock” disso tudo. Tivemos nossos próprios problemas como conversão do dólar e abutres vendendo aparelhos a preço de ouro, mas a sociedade americana influenciou diretamente o rumo que as grandes empresas tomaram no desenvolvimento dos hardwares e softwares. Sim, foi um efeito para ambos os lados.

Eu honestamente não quero entrar muito nos assuntos específicos batidos dentro do documentário, porque a sensação, principalmente pra galera na casa dos 30 como eu, é de estar assistindo uma grande peça de teatro da qual eu nunca soube que existia, mas fiz parte apenas por estar vestido e atuando de acordo.

Recomendado para qualquer fã de games, e qualquer pessoa que queira entender como nasceu o mercado de entretenimento mais rentável da história moderna.

Xavier

Escrito por: Xavier

SavePoint indo para seu quinto ano. Não poderia estar mais feliz com a nossa sobrevivência até hoje. Temos grandes e emocionantes aventuras pela frente! Vem com a gente!

Nenhum comentário.

O que acha disso? Diga nos comentários.